Conheça Seus Novos Coaches!


IMG_3811.jpg

MARCUS MOREIRA

Olá, tudo bem? Para quem não me conhece meu nome é Moreira, na verdade Marcus, mas por motivos de ordem superiores virei apenas Moreira :) 

Minha história dentro dos esportes começou bem cedo. Lembro de minha primeira competição de natação… devia ter uns 4 anos de idade e, já muito competitivo, desde aquela época, consegui o primeiro lugar. 

Junto com a natação, comecei a lutar judô, mas não fiquei muito tempo, meu negócio mesmo era jogar futebol! Quando o sinal tocava na escola, saia correndo pro salão e jogava durante todo o intervalo, era o único motivo pelo qual eu gostava de frequentar as aulas quando mais novo. 

Aos 12 anos decidi aprender algo diferente, então fui para o Tênis, onde pratiquei durante longos 7 anos e, como sempre, participando de inúmeros campeonatos… quase todo mês achava um. 

IMG_3814.JPG

Não satisfeito jogando só Tênis, entrei para escola de remo da AABB… entrei nesse esporte, pois sempre no caminho da escola, de manhã bem cedinho, passava pelo Lago Paranoá e via alguns atletas remando no que mais parecia com um espelho. Parecia tão calmo e relaxante que decidi experimentar, o resultado foi o mais óbvio: me apaixonei e comecei frequentar regularmente as aulas e mantive essa rotina de Tênis remo e algumas corridas de rua por um bom tempo. 

Um pouco antes de completar 18 anos, lesionei minha lombar e tive que dar um tempo dos quadras… isso me obrigou a fazer fortalecimento na academia. Comecei a malhar todos os dias da semana, meus músculos começaram a crescer, definir. Lembro de me olhar no espelho e ficar feliz com os resultados que os halteres vinham me dando. 

IMG_3812.JPG

Bom, não precisa nem dizer que entrei na onda do “No pain, No gain” né? Durante 3 anos me dediquei apenas à musculação, ganhei uns 15kgs de massa magra e já almejava ser um bodybuilder profissional, mas chegou uma hora que a academia não me dava mais prazer. 

Não participava de competições, não havia mais aquela sensação boa de remar de uma lado para o outro do Lago Paranoá, de finalizar um corrida de 10km e pegar aquela medalha no final, de jogar a final de um torneio.

Então fui a procura de outro esporte e “voilá”, achei o Crossfit. Em fevereiro de 2016, com 21 anos, fiz minha primeira aula na Crossfit Selva, em Brasília. Correr, jogar bola no alvo, um tal de kettlebell swing, barra pro ombro, barra pra cima da cabeça, pular caixa, burpee, até remo tinha! 

Foi amor a primeira vista, isso porque eu nem sabia que ja havia um mundo de competições gigantescas acontecendo. Quando descobri fiquei mais deslumbrado ainda. Com 3 meses já estava subindo em um pódio, e não parou por aí… 

IMG_3803.jpg

Até hoje devo ter participado de mais de 20 campeonatos e, a maioria, foi recebendo um prêmio no final. Em 2017 decidi que ia viver do Crossfit, então entrei na faculdade de educação física e estagiei na Selva durante exatamente 1 ano. Tirei umas férias e vim pro Rio, sem tirar folga dos treinos, mandei uma mensagem para Luan, o japonês lindo que todos da casa já conhecem, perguntando se poderia treinar algum dia com ele. Era uma quarta feira, aula de V02 no casa shopping, a aula foi irada, terminei com aquela sensação de “morri, mas passo bem” kkk. 

Antes de ir embora, o Marcos me parou na frente do boombar (quase um deputado ele), e começamos a conversar. Papo vai, papo vem, acabou me chamando para fazer um teste para ingressar na equipe. Na hora eu consegui manter a calma, mas quando saí pela porta da box queria gritar de felicidade. 

Sempre admirei a CFP9 por pregarem um estilo de vida baseado numa simples fórmula de: relacionamento humano + alimentação saudável + atividade física. 

Era tudo que eu mas gostava de fazer, e estava tendo a oportunidade de entrar pro time! Não pensei duas vezes. Apesar de ter sido uma decisão desafiadora, por estar deixando tudo em Brasília: família, amigos, patrocínios e minha namorada, estava na hora de sair da zona de conforto, tinha que me arriscar! 

IMG_3804.jpg

Fiz um teste de uma semana, onde foi me passado todos os princípios e valores da empresa. Não só queria, como tive a certeza de que esse era o lugar certo para estar. Fui aprovado, voltei pra casa e tive 30 dias para arrumar minhas coisas e me mudar. Cá estou, com o uniforme branco de estagiário da CFP9, aprendendo diariamente a amar cada vez mais o que faço, levantando da cama todos os dias não para trabalhar, mas para cumprir minha missão de #mudarvidas. Quer saber mais sobre mim? Fácil, todos os dias, junto com vocês em um dos treinos, basta me dar um oi :) 


Screenshot_20180818-125556_Gallery.jpg

PEDRO BRITO

Meu nome é Pedro, tenho 22 anos e sou de Bom Despacho(160km de BH-MG), talvez por isso "uai" e "trem" são palavras fundamentais no meu vocabulário! 

Morei lá até os 7 anos, onde tive bastante espaço para brincar,colecionar alguns machucados e viver bastante! Desde sempre gostava de subir em árvores (e cair), andar a cavalo(e cair), andar de bicicleta, skate, moto e no final, sempre caia. 

Screenshot_20180818-125615_Gallery-1.jpg

Mas quem se importa né? O bom de ser novo é levantar como se nada tivesse acontecido e continuar brincando. Meu tombos não foram por falta de capacidade física, mas sim por ser um menino extremamente hiperativo e que queria fazer tudo que os outros mais velhos faziam.

Aos 7 anos meus pais se separaram e me mudei para a casa dos meus avós com minha mãe em Belo Horizonte. Na época minha mãe conhecia a dona de uma escola próxima a minha casa. Lembro que quando cheguei no colégio, algumas coisas me marcaram. Haviam alguns alunos sem deficiência, alguns alunos com deficiência auditiva e Síndrome de Down. Nunca tinha visto pessoas com algum tipo de deficiência. Conhecer e me tornar amigo, estudando, praticando atividade física e me relacionando com eles me fez encarar dificuldades e a vida como um todo de forma diferente.

Screenshot_20180818-125644_Gallery.jpg

Em BH pude experimentar esportes como jiu-jitsu (1 ano), futebol (4 anos em escolinha) e vôlei, que foi o esporte que eu mais me identifiquei e levei a sério (5 anos).

Aos meus 15 anos, meu pai e meu avô ficaram doentes. Travaram uma grande batalha contra o câncer. Ambos faleceram alguns anos depois e nunca levaram uma vida saudável. Vendo isso acontecer tão próximo de mim, mais uma vez aprendi interagindo com os outros que deveria ajudar as pessoas ao me redor a viverem uma vida melhor.

Screenshot_20180818-125552_Gallery.jpg

Cogitei uma época até a fazer medicina, comecei a estudar, mas logo percebi que não era a essa forma com que eu gostaria de ajudar ao próximo. Nunca fui fã de hospital, então percebi que a melhor maneira era influenciar as pessoas a praticarem atividade física, se alimentarem melhor e dessa forma evitar as principais doenças que hoje afetam as pessoas ao nosso redor.
 
A forma que encontrei foi através da Educação Física. Entrei na faculdade com 18 anos e logo consegui um estágio de observação em uma academia de treinamento funcional. 

Após 5 anos na musculação, que havia começado aos 13, parei totalmente a prática e me dediquei ao CrossFit. A continuação vocês já sabem né? Comecei treinando 3x na semana, depois 5x na semana e por fim não importava se era sábado, domingo ou feriado, o importante era ficar perto das pessoas e treinar. 

Screenshot_20180818-125541_Gallery.jpg

Apesar de ser um estúdio funcional, já conhecíamos o CrossFit, acompanhávamos bastante na internet e íamos praticando. Alguns meses depois a academia decidiu se filiar a marca Crossfit Inc. (2014), e assim continuei treinando e dando aula apenas de treinamento funcional. 

Em julho de 2015 quando fiz o CF-L1, comecei a dar aulas específicas de CrossFit em outra academia. Depois disso só queria saber de estudar, treinar e participar de algumas competições né? Quem nunca teve vontade?

 Até início de 2017 participei de diversas competições, porém alguns problemas que tenho no joelho, da época em que joguei vôlei, me fizeram repensar e ver que CrossFit não é apenas competição e que na verdade é na sua menor parte competição. É sobre praticar atividade física, alimentar-se bem e cercar-se de boas pessoas.
 
Com 1,86 e 90kg não foi a ginástica minha paixão à primeira vista no CrossFit. Já o LPO... Então quando forem fazer Snatch e C&J, podem me chamar!
 
Após esse tempo dedicado ao CF, em 2017, tive a oportunidade de trabalhar na preparação física do Minas Tênis Clube, desde os atletas da base, até campeões olímpicos e mundiais. 

Screenshot_20180818-125519_Gallery.jpg

Uma fase de crescimento profissional e pessoal extremo, onde pude acompanhar a rotina de treinamento de atletas de ponta e o cansaço e a persistência de quem tem um objetivo e sabe que estão dispostos ao que for preciso para chegar lá. 

Durante todo esse tempo, continuei treinando e dando aulas, porém a maior parte do meu tempo era dedicado aos atletas e estudos.
 
Em 2018 retornei a me dedicar totalmente ao CrossFit, cuidando melhor da minha saúde e levando a prática de atividades física ao maior número de pessoas possíveis. 

Pude perceber nesse ano, em contato com grandes atletas, que poder treiná-los e acompanhá-los é realmente gratificante, mas o que realmente me dá prazer é transformar a vida das pessoas. Mudar o estilo de vida, tirá-las do sedentarismo, levar qualidade de vida, longevidade e fazer parte de um momento feliz no dia-a-dia das pessoas.
 
Vai ser um prazer conhecer cada um de vocês!
Podem me chamar para a praia mesmo estando nublado, afinal eu sou mineiro :) 


image2.jpeg

BRUNO ZAMPIERI

Fala galera, a partir de segunda-feira, estarei junto à CFP9 em mais um desafio em minha vida. 
Para quem nunca ouviu falar de mim, sou Bruno Zampieri, tenho 35 anos,  natural de São Paulo e formado em Educação Física pela Universidade Mackenzie. 

O esporte sempre fez parte da minha vida. Já fui jogador de futebol amador pelo São Paulo Futebol Clube e futvôlei pelas praias de Maresias. 

Comecei a praticar o CrossFit em 2014, e assim como todos, viciei. 

O envolvimento com esporte foi tão grande que  resolvi usar minha experiência como educador físico e me tornei coach de Crossfit. 

image3.jpeg

Hoje sou capacitado pela CrossFit Level One, CrossFit Kettlebell, CrossFit Gymnastics, CrossFit Weightlifting I e II, Crossfit Scaling. 

Além desses também fiz mais alguns cursos como: Power monkey clinic, Curso de planificação Mivoci e Levantamento com Dragus. 

Adoro me manter atualizado e quero aumentar ainda mais a lista de aprendizado. Tenho certeza que nesta nova etapa muito conhecimento ainda está por vir, e to ansioso para isso. 

image4.jpeg

Espero contribuir com a família P9, e  passar um pouco da minha experiência a todos vocês. Nos vemos no WOD!