A Cura para o Sedentarismo através da Pirâmide

Essa história começa com ELA e ELE, mas rapidamente você perceberá que alguém mais faz parte dela... 

ELA: Risia, 59 anos.

Em 2007 descobriu um câncer de mama e, por dois anos e meio, teve que passar por três tratamentos, entre eles quimioterapia e radioterapia, o que lhe resultou em degeneração da cartilagem, remoção de todos os linfonodos do seu braço direto e seus músculos peitorais, teve bradicardia e por isso colocou marcapasso . E como se não fosse triste o bastante, recebeu um diagnóstico médico desestimulante: “Você não poderá nem pentear o cabelo daqui para frente...”. 

Dez anos depois se viu abalada, desacreditada, com dores na coluna, braços, bursite no quadril e no calcanhar, desgastes nos joelhos e usando bengala. E para suportar toda essa mudança?! Fazia terapia porque, segundo ela, “ninguém é de ferro”.

Foi quando em 2017, seu filho mais velho e sua nora lhe apresentaram ELE.

ELE: João Victor, 29 anos. 

Sócio da CFP9, educador físico e, atualmente, responsável pela unidade da CFP9 Campinas. 

Formado há 5 anos e, desde então, estudando e trabalhando com o Crossfit. 
Se esforça para ter uma rotina de atleta, mas, mais do que isso, é como programador de todas as Unidades da CFP9 que João investe a maior parte de seu tempo dando sempre seu 100%.

E nessa sua garra de buscar novos desafios, conheceu ELA, que estava quase entregando os pontos para uma vida sedentária e triste. 

Neste momento, uma frase os uniu: “VOCÊ TEM QUE TER PRAZER EM FAZER CROSSFIT!”. 

ELA, desacreditou que seria possível, afinal, estava de bengala em meio de barras e corpos atléticos. ELE, sentiu o coração bater mais forte com a possibilidade de mudar a vida dela. 

E, assim, a jornada deles começou em setembro de 2017. Dia após dia, treino após treino. Foram várias adaptações, superações, suor e, até mesmo, cansaço. 

Mesmo com um quadro difícil, ELA insistiu e deu um voto de confiança para aquele “menino” que se mostrou tão confiante. E ELE, não fez por menos, mostrou que é possível ter uma rotina de exercícios físicos mesmo quando te falam que não. 

ELA, aos poucos, teve indicação de menos e menos remédios por parte dos médicos, abandonou a bengala, voltou a subir escadas, aprendeu que é capaz de fazer movimentos que nunca tinha feito antes, passou a se alimentar de maneira saudável, perdeu 18kg, diminuiu as sessões de terapia e teve a certeza de que quando encontramos um profissional certo, conseguimos o impossível. Conseguimos ter prazer!

ELE, teve certeza de que escolheu a profissão que ama e fez dela o melhor dele. Aprendeu com ELA que desistir não é uma opção e reclamar da vida muito menos. 

ELA se compara com 10 anos atrás e considera-se uma pessoa melhor, mais independente. Mudou sua rotina e seu estilo de vida e, como ela mesma gosta de dizer, “é uma crossfiteira!”.

ELE percebeu que a evolução que ELA teve era sua recompensa, o orgulho da sua profissão, seu prazer diário. O que lhe faz acreditar que levantar 4h50 da manhã três vezes na semana vale a pena e, mais do que isso, tem a certeza que é capaz de ajudar as pessoas a se sentirem melhores com muita atividade física, alimentação saudável e relacionamento humano. Isso é o que chamamos, no português "P9viano" como buscar a saúde através da pirâmide.  

ELE nunca se esqueceu que vive para uma empresa onde o lema é “mudando vidas” e faz disso seu objetivo diário. ELA mudou sua vida ao conhecer a CFP9 e ao dar um voto de confiança para ELE. 

ELA, ELE.

Mas essa história não acaba aqui. Existe o EU e VOCÊ.

Hoje estou escrevendo sobre eles, mas talvez seja a realidade de muitas pessoas. E o pior, possa ser de alguém bem próxima de você, ou até mesmo você nosso caro leitor.

Estamos falando do “Senhor” sedentarismo, o qual é considerado como a doença do século. É a principal causa do aumento da ocorrência de várias doenças, como hipertensão arterial, diabetes, obesidade, aumento do colesterol... 

Pasmem, com tantas práticas novas de atividades físicas, o sedentarismo é associado ao comportamento cotidiano decorrente dos confortos da vida moderna.

Se identificou?!!

Bem possível, pois atinge 70% dos brasileiros e segundo um levantamento feito pelo Programa das Nações unidas para o Desenvolvimento (Pnud), apenas 3 em cada 10 brasileiros adultos praticam atividades físicas e esportivas com regularidade. 

Fica pior, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sedentarismo é um mal que afeta pelo menos 60% da população mundial adulta. 

Em muitos casos, as pessoas sedentárias além de não se considerarem como tais, usam seus problemas de saúde para continuarem inativas.

O que elas não percebem é que a origem do seu mal estar é justamente essa falta de atividade física. 

Pare de pensar que as pessoas sedentárias são apenas aquelas que passam muitas horas no sofá. Há também aquelas que, por seu trabalho ou circunstâncias pessoais, permanecem todo o dia sentadas e imóveis. 

Não se trata de transformar-se do dia para a noite em atletas profissionais, é necessário começar de maneira gradual. Como ELA fez sob a orientação DELE. 

Saiba que seu corpo vai reclamar, e muito, e isso vai fazer com que você cogite voltar à vida sedentária. Por isso, se você pratica esportes na companhia de outra pessoa, sua motivação intrínseca para fazer exercício aumenta. E isso o CrossFit te proporciona. Aulas em grupos. 

E por aqui você irá aprender que relacionamento humano é a base para uma mudança em sua vida!

Você vai se sentir mais leve, enérgico, com um humor melhor, e o que é mais importante, estará ganhando qualidade de vida, aprendendo a se exercitar, a se alimentar de forma saudável e conhecendo pessoas novas.

ELA, ELE, EU e VOCÊ!

Vamos mudar essa realidade de tantas pessoas próximas a gente sem motivação para se exercitar, vamos nos movimentar juntos! 

ELA, ELE, EU e VOCÊ! 

Em nossas realidades, crossfiteiros, atletas, ou apenas em movimento.