Inspiração

Quando nada para você é Rx!

O relógio entra na contagem final, em 3,2,1…

IMG_6107.jpg

Normalmente você tem aquele sentimento de dever cumprido logo após terminar seu WOD, mas hoje não foi um desses dias. 

Todos os outros, naquela aula, estavam pendurados nas barras fazendo "toes-to-bars" ou alguma variação de joelhos altos. Sem conseguir nem ao menos se pendurar, você estava tendo dificuldade em ficar no chão e conseguir fazer o abdominal convencional. 

Quando o coach viu sua frustração por não conseguir nem saltar a corda, ele tentou rapidamente dizer que era melhor fazer polichinelos, enquanto o barulho da galera fazendo Double Unders naquele momento, era mais alto que o rock pesado que estava tocando ao fundo. 

Braços tremendo com os joelhos ao chão, você fazendo flexões que são minimamente perceptíveis. Ao lado, parecia que todos estavam sólidos como uma rocha tocando o peito e empurrando-se daquelas argolas de madeira, quase levitando. 

Ao final do workout, você fica imaginando o diário que deverá digitar para descrever todas as adaptações que teve de usar neste workout. 

Todos torcendo por você e parabenizando pelo seu esforço não muda o sentimento daquele momento. O sentimento de que você nunca irá chegar “lá”. Que vai demorar muito tempo para conseguir ver qualquer evolução. E que talvez você esteja entrando em seu mundinho de frustração, mais e mais. 

 Entenda o real motivo pela qual você buscou a CFP9 e seja fiel a este propósito.

Entenda o real motivo pela qual você buscou a CFP9 e seja fiel a este propósito.

Pela frente muitos dias como estes virão. E muitos deles serão devido as suas próprias expectativas não tão realistas. 

Sua alimentação mudou radicalmente e assim você achou que tudo iria mudar nos próximos 2 meses. Mesmo sabendo que ao entrar no CrossFit você estava bem acima do peso, sua imaginação te fez acreditar que Double Unders e Pull-Ups seriam rapidamente conquistados se você aparecesse 3 vezes na semana. 

Mas, logo você percebeu que sua imaginação deveria ter uma conversa com a realidade. 

Isso não quer dizer que dias como os descritos acima não machucavam seu ego. Tem dias que você deve ter vontade de desistir. Outros, de negociar com o programador sobre a possibilidade dele colocar algo que você fosse capaz de fazer. Mas no final, você percebe que o problema é a dificuldade em aceitar que te dói ter de fazer as modificações necessárias nos últimos WODs.

A primeira vez que você ouviu “deixe seu ego na porta”, achou que seria para todos menos você. Esse conselho tem de ser para aqueles musculosos que brigam por repetições não válidas e que são mais juízes do que praticantes de quem faz “exercício mais rápido”.

Mas a frase encaixa-se perfeitamente para você. Aliás, para todos nós. 

 Esteja você com um cano plástico ou uma barra com 100kgs, seja realista com o momento no qual você se encontra e quanto tempo irá demorar para chegar aos seus objetivos.

Esteja você com um cano plástico ou uma barra com 100kgs, seja realista com o momento no qual você se encontra e quanto tempo irá demorar para chegar aos seus objetivos.

E foi no meio de uma destas “depressões de CrossFiteiro” que você entendeu o que realmente estava acontecendo:

Capacidade Cardio respiratória. Estamina. Força. Flexibilidade. Velocidade. Coordenação entre as outras capacidades físicas. 

Provavelmente você já ouviu estas palavras, e finalmente percebeu que não querem dizer “Muscle-Ups”, “Double Unders” ou “Handstand Push-Ups”. Estas palavras não significam “Fran”, “Cindy”, “Murph” ou “Angie”. Estes movimentos e WODs garantem a mudança constante que irá produzir a boa forma em seu corpo e os benchmarks irão testar em que nível você se encontra. Mas ter todos movimentos ou tempos não deve ser seu único objetivo. 

Nós queremos viver mais, evitar doenças crônicas e sermos capazes de superar qualquer desafio, lembrando que "superação" é algo muito relativo. No box, o desafio pode ter o nome de “Muscle-Ups”. Mas na vida real, pode ser saltar um muro ou sair de uma piscina. Ou ainda mais significativo, como servir de exemplo para seus filhos ou incentivo para seus pais repensar o modelo de alimentação saudável significa. 

Depois de “cair sua ficha”, garanto, as coisas irão mudar drasticamente. CrossFit deve te educar sobre a importância de saber anotar sua evolução para reconhecer sua mudança. Mas ainda mais importante é você estabelecer metas pessoais e, se possível, melhorar aos poucos cada uma delas.

Então vamos repensar juntos outras formas de encarar a palavra superação. A melhora na sua resistência é fácil de medir: remo ou corrida/caminhada por um período de tempo pré-determinado.  Ou você pode correr um distância fixa e testar novamente para ver se você fez mais rápido. Reconhece esses modelos? São seus famosos FT (For Time) ou AMRAP (As Many Rounds as Possible) WODs.

 Entenda que na CFP9 queremos que estabeleça desafios físicos, mas também em relação a sua alimentação e a interação sua com os outros em nossa box.

Entenda que na CFP9 queremos que estabeleça desafios físicos, mas também em relação a sua alimentação e a interação sua com os outros em nossa box.

Outro desafio pode ser quantas repetições você consegue completar de bola na parede a uma certa altura. Jogou mais baixo, parou. Quando você aumentar o peso da bola, considere isso um PR (Personal Record / Recorde Pessoal) de força para você. O grande desafio é mudar o significado das palavras dentro o mundo CrossFit. Um mais fácil, dependendo de quem você seja, seria fazer uma nova amizade ou uma escolha alimentar mais saudável. 

Para estamina (quantidade de repetições que seu corpo consegue suportar até a falha) você deve multiplicar o número de repetições feitas em um WOD pelo peso que você usou, depois dividir o tempo total para chegar a um número de peso por minuto e tentar melhorar essa métrica. Por exemplo, imagine pedras de 100 e 50 kgs. Você tem 5 minutos para tirá-las do chão 30 vezes e levar estes objetos 50 metros a frente. Sabendo que você não consegue levantar as pedras de 100 kgs, seu desafio é levantar 2 pedras de 50 kgs no tempo mais próximo das pessoas levantando o peso maior.  

Isso faz com que o significado da palavra Rx mude em sua cabeça, e o desafio para você seja outro. 

Entenda que existirão dias em que você conseguirá ser Rx, e deve celebrar este momento sendo o WOD simples ou não. Rx não é algo obrigatório ou possível todas as vezes. Depende do seu dia, da sua vontade e de sua capacidade física. 

Assim que você entender isso, irá se sentir bem, independente de sua adaptação e perceber que a única pessoa que deve ser vencida é você. A tarefa é fazer algo mais desafiador a cada dia. Um pouco mais forte, um segundo mais rápido ou mais coordenado. 

O corpo ou a performance de seus sonhos irá vir após milhares de decisões sobre sua nutrição e centenas de WODs nos quais você entende o que são “limites”. Não existe nada fácil nesse dinâmica. Mas você deve sempre lembrar de sorrir durante esse processo. 

 Independente de sua condição física atual, lembre-se que as metas não devem ser apenas em relação ao WOD do dia. Mude o significado de Rx para você. 

Independente de sua condição física atual, lembre-se que as metas não devem ser apenas em relação ao WOD do dia. Mude o significado de Rx para você. 

Pense que difícil é viver lutando contra a obesidade, sem saúde, vivendo com medicamentos e consultas médicas. Melhorar aos poucos seu condicionamento físico “não é nada” em comparação à isso. 

Faça um exercício mental. O que você prefere? 1 ano de atividades físicas e alimentação saudável ou 1 mês em uma cama de hospital? Você já está respondendo essa pergunta diariamente, só não quer reconhecer isso. 

Ao invés de concentrar toda sua energia nas coisas que você não consegue fazer e em quanto o “CrossFit não é para você”, comece a comemorar todas as vezes que algo diferente acontece em seus movimentos, escolhas alimentares, tempos e suas amizades dentro da box. 

Desafie-se diariamente a adicionar algo novo em sua lista de conquistas até que o significado de Rx seja algo diferente e inspirador para você. 

 "Lembre-se de sorrir no processo", já dizia o Viana :)

"Lembre-se de sorrir no processo", já dizia o Viana :)

* Fonte: Artigo da CrossFit Journal de 14 de abril de 2018. Texto traduzido, com algumas modificações.