Inspiração

Sobre Autoestima e Mudanças de Hábitos

Hoje recebi um e-mail de um amigo fotógrafo, com o seguinte título: Quando te conheci, você era assim. Abri e vi essa primeira foto aí da montagem, tomei um susto! Caramba, essa era eu mesmo!! 🙈Como me deixei ficar gordinha desse jeito e não perceber? Lembrei que nessa época minha autoestima era muito mais alta que hoje em dia. É engraçado pensar que a 2 anos atrás eu estava me sentindo bem, porém com 20 quilos a mais! 🙊🙈 Por isso, devemos lembrar que nossa mente controla tudo independente de se estar magra ou gorda. Quando nos amamos do jeito que somos e aceitamos os nossos defeitos, tudo funciona melhor. Fui bem gordinha e por incrível que pareça não me sentia anormal e nem um ET perto das minhas amigas magras. Não estou aqui defendendo o excesso de peso e sim um mundo onde as pessoas possam ser quem elas desejam, sem a cobrança externa que existe. Podemos estragar o dia de uma mulher, dizendo que ela está gorda ou que precisa emagrecer, pensem que nem todas possuem uma confiança elevada em relação ao que pensam sobre elas. Ser magra não define quem você é. Parece hipocrisia da minha parte, pois perdi bastante peso e ainda continuo em busca de um resultado melhor.  Pense bem, se você está acima do peso, pequenos hábitos como tentar incluir vegetais e cortar refrigerantes da sua vida, podem influenciar e muito como você ama e cuida do seu corpo. Por exatamente pensar assim, comecei a fazer dieta e praticar Crossfit. Queria me amar muito mais do que já me amava. E o resultado está aqui! 

Resolvi procurar no dicionário qual o significado de autoestima: 

s.f. Característica de uma pessoa que valoriza a si mesma, dando-lhe a possibilidade de agir, pensar e exprimir opiniões de maneira confiante. (Etm. auto + estima)

Então vamos confiar em nós mesmas, acreditar que podemos mudar e incluir hábitos mais saudáveis ao corpo e a mente, pois essa quando falha não tem corpo de Barbie que segure! 😉